Apartamentos compactos já representam mais da metade dos lançamentos de imóveis. Isso só na cidade de São Paulo. É preciso aprender cada vez mais a se adaptar, pois essa tendência de morar em lugares menores tende a crescer cada vez mais.

Uma dica muito importante para você que mora ou pretende morar em um apartamento menor é: aproveite os espaços. Guardar coisas que você não usa com frequência, e ter sempre à mão os utensílios usados diariamente, pode ser um desafio quando se vive em um imóvel com menos de 40m².

Este artigo reúne 8 dicas simples para otimizar cada cantinho do seu apartamento, sem perder de vista a modernidade e o estilo da decoração. Confira!

1- Invista em móveis planejados

Aqui não tem muita conversa. Os móveis planejados vão fazer sim toda a diferença na hora de decorar e otimizar os cômodos do seu apartamento. Primeiro porque os móveis planejados são fabricados a partir das medidas do próprio apartamento, ou seja, sob medida.

Dessa forma, eles vão se encaixar perfeitamente no espaço, sem sobras ou faltas, o que possibilita maior número de compartimentos, sem que comprometer o conforto. Em segundo lugar, imóveis feitos sob medida têm o número de gavetas e prateleiras que você precisar.

2- Utilize espelhos na decoração

Essa dica não é nova, mas é útil. Os espelhos dão leveza, modernidade, sofisticação e, ainda, ampliam os cômodos. Por isso, é importante usá-los com sabedoria para dar aquele up na decoração do apartamento.

Mas, antes de sair por aí comprando qualquer espelho que vê pela frente, se atente a alguns conselhos:

1) O espelho tem basicamente a função de refletir imagens, por isso, preste atenção no local onde esse objeto é posicionado. Você não vai querer refletir o banheiro da sua casa ou aquela incômoda manchinha na parede, né?

2) Use com moderação para não carregar o ambiente.

3) Espelhos que ficam de frente para janelas ajudam a ampliar o alcance da iluminação natural. Fica a dica!

3- Instale portas deslizantes

Você conhece as portas deslizantes ou portas de correr? Esse tipo de porta dispensa aquele espaço de dentro do cômodo pois é aberta por deslizamento lateral, o que possibilita o uso desses centímetros para um fim mais útil.

Além disso, as portas de correr facilitam a integração entre os cômodos e servem como divisórias que, quando abertas mantém o cômodo arejado, e quando fechadas dão privacidade.

4- Aproveite os espaços das paredes

Uma outra dica para otimizar o espaço de apartamentos mais compactos é aproveitar ao máximo os espaços verticais, ou seja, utilizar os espaços das paredes: quadros, porta-retratos, prateleiras, ganchinhos para pendurar chave. Vale tudo!

Ao decorar o seu apartamento é importante ter em mente que quanto mais objetos e móveis sobre o chão, menor é o espaço livre para circulação. E menor espaço livre para circulação significa maior probabilidade de bater o dedinho do pé nos móveis todo santo dia no percurso que vai do quarto até a cozinha. Você não quer isso, né?

5- Capriche na iluminação

Assim como os espelhos são importantes para ajudar na sensação de amplitude e aumentar o alcance da iluminação natural, utilize também outros recursos que ajudem a clarear o seu apartamento. Quanto mais luz a área interna dos cômodos tiver, melhor a sensação de espaço.

Alguns desses recursos são: cores neutras, janelas grandes, iluminação indireta e, como já dito, os espelhos.

6- Dê preferência a pisos contínuos

Outro truque para otimizar ambientes é utilizar o mesmo piso e revestimento em todos os cômodos do seu apartamento. Essa sensação é provocada pela continuidade dos planos, que dá a sensação de infinito.

Aqui, vale um conselho: para evitar que essa continuidade dos pisos cause sensação de clausura em algumas pessoas, é importante escolher revestimentos claros e sem muitos detalhes marcantes.

7- Mantenha tudo organizado

Não tem jeito, manter a organização em todos os cômodos também é fundamental para otimizar os espaços do seu apartamento.

Para ajudar nisso, disponha os objetos e móveis levando em sempre em conta: 1) frequência de uso; 2) setorização; 3) tamanho. Esses 3 quesitos vão ajudar você a não guardar na cozinha o que é do quarto, por exemplo.

8- Fique de olho no tamanho dos móveis

Pense de forma proporcional: se o apartamento é pequeno, não adianta comprar móveis gigantes, por mais bonitos que sejam. Priorize a praticidade das peças: mesinhas laterais que viram banquetas, sofás que viram camas, etc.

Além disso, dê preferência a móveis como bancos e banquetas, cadeira eames e puffs, pois são todos leves, modernos e elegantes, cumprindo, ao mesmo tempo, a função de levar conforto e de decorar o seu apartamento.

Fonte: da Redação/Assessoria