O apartamento de 100 m², na zona sul de São Paulo, tinha uma premissa básica: a criação de um grande e confortável living que favorecesse a vista arborizada e privilegiada do imóvel. Ao conferir o resultado do apartamento vizinho, a proprietária, uma jovem médica, não hesitou em chamar os arquitetos Felipe Luciano e Vanessa Keiko, do Estudio FCK, para comandar a reforma.

O primeiro passo da dupla, que já assinou outros seis projetos no condomínio, foi propor a integração completa das antigas salas de estar e jantar, terraço e cozinha. Para isso, optaram pelo fechamento de vidro na varanda, que permitiu estender a área social. Com isso, a proprietária conseguiu dispor de um sofá maior, que ocupa parte da área da antiga sacada, assim como uma mesa de jantar com lugar para até oito pessoas. Para fazer a integração com a cozinha, eliminaram apenas uma parede que fazia a divisão do espaço com a sala.

Na decoração, os arquitetos exploraram os gostos e a personalidade da cliente, que podem ser observados nos tons de azul, aplicados em vários lugares, inclusive nos objetos que lembram o mar e a natureza. A geometria, outra atração do projeto, aparece na estampa do tapete, que trouxe um ar atual para o living. “É uma bagunça organizada, com peças de design misturadas com itens da moradora, o que contribui para que a casa tenha o estilo dela”, conta Felipe Luciano.

A cozinha, conectada ao living, recebe uma ilha central para o preparo de alimentos e as refeições do dia a dia. Predominantemente branco, o ambiente recebeu um toque metálico graças às pastilhas do frontão da pia.

No quarto principal, o azul da sala é usado em nuances mais escuras, complementando com o bege empregado na cabeceira. Ela traz um criado-mudo de cada lado da cama, contribuindo para os momentos de descanso. Na iluminação indireta, ao invés de abajur, os arquitetos optaram por uma moderna dupla de pendentes.

Já no quarto de visitas, o destaque fica para o home office moderno e funcional, arquitetado para que a moradora possa trabalhar em casa quando necessário. Bem aproveitado, o cantinho possui nichos que otimizam os espaços aéreos, além de deixar o pequeno escritório descontraído. “O gaveteiro também não ocupa muito espaço e ajuda a guardar os itens de escritório”, indica Vanessa.

Estudio FCK

www.estudiofck.com.br

Fonte: Da Redação/Assessoria/ Estduio FCK/Fotos: Luis Gomes