O fim de ano está bem próximo, e com ele chegam o Natal, o Ano Novo, as férias, o verão e, para muitos, o 13º salário. É tempo de reunir a família e os amigos e celebrar juntos as festas, curtir os dias de descanso e a estação mais esperada. Neste clima de renovação de ciclo e com dinheiro extra entrando, muita gente acaba investindo parte para reformar ou redecorar a casa para receber bem as pessoas queridas ou mesmo ter aquelas férias deliciosas no cantinho de refúgio.

Como o tempo que resta até dezembro é curto para grandes reformas, é interessante buscar um profissional qualificado para planejar as mudanças que podem ser feitas e dar início às obras. Lembrando que, quem quer uma obra mais completa e/ ou complexa, o melhor a fazer é deixar para outra época do ano. A questão não é correr contra o tempo, mas usá-lo a favor, para evitar estresse e ter a sua casa prontinha para receber os convidados e passar bons momentos com eles.

De acordo com o arquiteto Glaucio Gonçalves, “o fim do ano é uma época boa para fazer aquela reforma desejada, pois é possível economizar na compra de revestimentos, material de construção e mobiliário. Isso porque há muitas promoções no comércio”. Antes de tudo, é preciso ter em mente qual é o orçamento máximo disponível, para evitar que as obras sejam paralisadas por motivos financeiros. Contar com o auxílio de um arquiteto ajuda a evitar imprevistos, erros e transtornos em todas as fases do processo. E esse profissional também ajuda a não gastar mais que o necessário.

Para te ajudar a realizar o seu sonho da casa reformada e redecorada para o fim de ano, Gonçalves dá algumas dicas:

Para quem dispõe de 3 meses

– Antes de iniciar as obras, é importante ter um projeto aprovado, que pode ser um pouco mais aprimorado, até em 3D. Tudo deve estar bem definido e bem planejado, para que os três meses sejam trabalhados dia a dia dentro do cronograma.

– Dependendo do tamanho do imóvel, é possível fazer uma reforma mais elaborada, e em mais de um cômodo;

– Dentro desse tempo, é possível fazer marmoraria, marcenaria completa e o revestimento de um banheiro todo, por exemplo, entre outras mudanças mais complexas, sem comprometer o prazo de entrega da obra;

– Para não trazer transtornos aos moradores da casa, é interessante que a transformação seja feita em um cômodo por vez.

Para quem dispõe de 2 meses

– Também é preciso fazer um projeto – ainda dá para fazer o mais elaborado em 3D – para definir as mudanças que serão realizadas no imóvel;

– Dentro desse tempo, é possível fazer um ambiente grande ou até dois de tamanho médio;

– Para quem reside em apartamento pequeno de um ou dois dormitórios, dá para fazer uma reforma geral, desde que não sejam grandes intervenções;

– Por exemplo, é possível fazer forro de gesso num ambiente dentro desse prazo. Tudo é questão de um bom planejamento.

Para quem dispõe de 1 mês

– Com o tempo mais curto, o projeto a ser feito é mais simplificado. No máximo, um layout do ambiente ou espaço;

– Eventualmente, dá para fazer a execução de móvel em marcenaria, mas que seja pequeno e mais simples;

– Entre algumas mudanças mais simples, é possível fazer a troca de revestimentos, como porcelanato, desde que não seja numa área muito ampla. Se for num ambiente de tamanho médio, ainda é tranquilo;

– Ao fazer compras em lojas físicas ou virtuais, prestar atenção nos prazos de entrega. Afinal, não faz sentido querer uma reforma imediata e ficar esperando material e móveis que vão demorar a chegar. Isso gera estresse e atrasa o cronograma.

Para quem dispõe de 15 dias

– Por conta do pouco tempo, quem quer contratar arquiteto ou decorador deve optar pelo serviço de consultoria ao invés de um projeto. Assim, a equipe vai até o local, define o que será feito, já ruma às compras e organiza para os dias seguintes o trabalho a ser realizado;

– Com um prazo mais apertado, o ideal é fazer pequenas mudanças, como pintura, instalação de papel de parede e iluminação e troca ou acréscimo de móveis, entre outros itens mais fáceis de serem realizados;

– Invista no que dê para comprar em loja física e já levar para casa, ou então que seja a pronta entrega, num prazo curtíssimo.

Dica geral

Para finalizar, Gonçalves sugere evitar fazer mudanças no projeto no decorrer da reforma, a não ser que sejam imprescindíveis. Do contrário, elas atrasam o trabalho e comprometem os prazos do cronograma e entrega. Por isso, é importante a conversa e o alinhamento entre o profissional e o cliente para montar um planejamento consistente.

Glaucio Gonçalves

Atuando há mais de 20 anos no mercado, Glaucio Gonçalves se destaca por desenvolver projetos de arquitetura e design de interiores para áreas residenciais e comerciais. Graduado em Arquitetura e Urbanismo e pós-graduado em Administração de Empresas para engenheiros e arquitetos pela FAAP, é professor em turmas de design de interiores e arquitetura e presta consultoria para profissionais e alunos do segmento. Com espírito empreendedor, em fundou o EB-A Espaço Brasileiro de Arquitetura, que deu origem, em 2014, ao escritório Glaucio Gonçalves Arquitetura e Design. Com mais de 300 projetos realizados e atuação no mercado nacional e internacional (Angola), o profissional busca sempre soluções em seus projetos de arquitetura e design que tragam bem-estar, conforto e a percepção de se sentir em um lugar único. Em 2015, o arquiteto foi premiado como personalidade do ano – destaque arquitetura e design – pela Associação Brasileira de Liderança.

Site – www.glauciogoncalves.com

Facebook – https://www.facebook.com/arquiteto.GlaucioGoncalves/

Alexandre Regnani

Alexandre Regnani é sócio do escritório Glaucio Gonçalves Arquitetura e Design, que está sediado na capital paulista. O profissional é responsável pelo desenvolvimento dos negócios no Espaço Criar Rio de Janeiro, filial carioca inaugurada em 2017, cuja expansão foi motivada pela oportunidade de incrementar o portfólio de serviços e conquistar nichos específicos de mercado. Antes de ter se lançado a este desafio, o arquiteto atuou no desenvolvimento de projetos em grandes empresas, como Promon Engenharia, onde trabalhou durante nove anos, Beton Projetos, Engevix e Geotécnica. É graduado em Arquitetura e Urbanismo (Faculdades Integradas Silva e Souza), com especialização em Gestão Estratégica e Qualidade (Universidade Cândido Mendes) e MBA em Edificações Sustentáveis (Universidade Católica de Petrópolis).

Facebook – https://www.facebook.com/arquitetoalexandreregnani

Fonte: da Redação/Assessoria