No dia 19 de abril será realizado em Brasília/DF, o Encontro Connected Smart Cities Regional Centro-Oeste, em parceria com a ANPTrilhos – Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos.

Patrimônio Cultural da Humanidade, a capital federal conta com 112,25 km² de área tombada com monumentos e edifícios que são marco da arquitetura. Brasília também é um dos destaques do Ranking Connected Smart Cities, realizado pela Urban Systems em parceria com a Sator, sendo a primeira colocada em Tecnologia e Inovação, Mobilidade, Economia, Saúde e Governança, considerando a classificação Região Centro-Oeste.

Para debater os indicativos de Brasília/DF e de outras capitais do Centro-Oeste, como Goiânia/GO, Campo Grande/MS e Cuiabá/MT, especialistas irão se reunir, na capital federal, no dia 19 de abril, no Encontro Connected Smart Cities Regional Centro-Oeste, realizado em parceria com a ANPTrilhos – Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos.

O evento, que será realizado na Sede da CNT – Confederação Nacional do Transporte, faz parte do Connected Smart Cities e conta com a participação de empresas, entidades e governo. O objetivo do Fórum é encontrar soluções inovadoras com foco em cidades mais inteligentes e conectadas.

Entre as cidades participantes do Ranking Connected Smart Cities Região Centro-Oeste, a capital Campo Grande está na segunda colocação em Empreendedorismo, Tecnologia e Inovação, Educação, Urbanismo e Governança. Já Goiânia conquistou a primeira colocação em Tecnologia e Inovação, Educação e Empreendedorismo. Cuiabá está na terceira posição em Empreendedorismo e Tecnologia e Inovação e quarta em Governança no Ranking Regional.

De acordo com Roberta Marchesi, Superintendente da ANPTrilhos – Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos, entidade apoiadora do Encontro Regional Centro-Oeste, um evento como esse viabiliza a discussão sobre temas importantes para o desenvolvimento das cidades, como a mobilidade que faz parte dos indicadores do Ranking. “É necessário e urgente o desenvolvimento de ações conjuntas entre governo, entidades, empresas e a sociedade com o objetivo de tornar, por meio de ações integradas, as cidades mais acessíveis para todos. A mobilidade, sem dúvida, é fator primordial no processo da melhoria da qualidade de vida da população”, cita.

Para Paula Faria, diretora executiva da Sator, empresa organizadora do evento, o encontro é voltado para a discussão e negócios de cidades inteligentes do Brasil e, assim como no encontro Regional Nordeste que aconteceu em Salvador e foi recorde de público, esta edição também cumprirá o papel de desenhar um panorama de desenvolvimento de cidades inteligentes na Região Centro-Oeste. “O evento será uma oportunidade para que o poder público avalie as melhores práticas de cidades inteligentes e, consequentemente, possa desenvolver ações que potencializem ainda mais os pontos fortes alcançados no Ranking, além de poderem criar mecanismos para melhorar os indicativos que precisam de atenção”, cita.

Os Encontros Regionais Connected Smart Cities Cities são realizados paralelamente ao evento principal, que este ano acontece nos dias 4 e 5 de setembro, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo/SP. Os eventos regionais buscam debater soluções para o desenvolvimento das cidades com base em informações e necessidades de cada região.

Encontro Connected Smart Cities Regional Centro-Oeste – Brasília/DF

Data: 19 de abril de 2018

Local: CNT – Confederação Nacional do Transporte – SAUS Q.1 – Bloco J – Entradas 10 e 20 – Ed. CNT – Brasília/DF

Sobre o Connected Smart Cities

O Connected Smart Cities, principal evento do setor no Brasil, é realizado pela Sator e envolve empresas, entidades e governos em uma plataforma que tem por missão encontrar o DNA de inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou megacidades.

A 3ª edição do evento aconteceu em 2017, na capital paulista. Este ano, o encontro será realizado nos dias 4 e 5 de setembro, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo/SP (Mais Informações: www.connectedsmartcities.com.br).

Ranking

O Ranking Connected Smart Cities foi desenvolvido pela Urban Systems, através de metodologia própria e exclusiva, em parceria com a Sator, empresa organizadora do evento homônimo.

Além de considerar os conceitos de cidades inteligentes, como tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade, o Ranking Connected Smart Cities considera conceito de conectividade, investimentos em saneamento, importância da educação na formação e reprodução dos potenciais das cidades e sustentabilidade econômica. Feito com o objetivo de mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil, por meio de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade, o Ranking é composto por indicadores de 11 principais setores: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança.

Sobre a Sator

Fundada em 2005, a empresa iniciou suas atividades como produtora de eventos, oferecendo, ainda, serviços voltados para a comercialização e comunicação dos eventos que organizava. Recentemente, descobriu-se como uma organização desenvolvedora de plataformas de negócios, que consiste em identificar, planejar e desenvolver oportunidades por meio de encontros presenciais como seminários, feiras, rodadas de negócios, mídia online e impressa.

A Sator conta com ampla experiência na organização de eventos como a Airport Infra Expo, Labace, Latin American Business Aviation Conference & Exhibition (entre 2007 e 2010), a Feira Nacional de Aviação Civil (entre 2008 e 2010), o Broa Fly-in (2006 a 2008), o Connected Smart Cities (desde 2015), o PPP Awards & conference (desde 2017) e o Fórum de Mobilidade da ANPTrilhos (em 2018).

Fonte: Da Redação/Assessoria