O telhado é uma parte da casa que pode ser deixada de lado
até aparecer um problema. Quando a época das chuvas começa e as goteiras e
infiltrações ficam cada vez mais frequentes, acende o alerta e a corrida pelo
reparo começa. A seguir, a Vedacit, líder do mercado de impermeabilização,
explica como corrigir os problemas mais comuns e quais são as principais
medidas para se obter um telhado seguro.

Normalmente, o problema aparece com o tempo. É comum o
telhado sofrer uma série de intervenções ao longo da vida útil, sem as devidas
precauções para manter a impermeabilidade. Para resolver, primeiro é necessário
analisar de onde vem o vazamento, como estão as condições das telhas e da
estrutura como um todo.

As telhas trincadas são um transtorno comum que pode ser resolvido rapidamente. O primeiro passo é preparar a superfície, limpando-a, eliminando poeira e qualquer outro material, incluindo parafusos antigos ou com oxidação (ferrugem). Depois, basta aplicar uma demão do Primer Manta Vedacit, com trincha ou rolo de lã de carneiro, e aguardar até que esteja completamente seco (seis horas). A seguir, deve ser aplicada a Fita Multiuso Autoadesiva Vedacit, pressionando da extremidade para o centro. A dica aqui é deixar a fita sobrar por volta de 5mm em cada extremidade.

Ainda sobre trincas, o incidente pode ser na laje e, neste
caso, a recomendação é diferente. Depois do Primer Manta Vedacit, a sugestão é
aplicar com uma espátula o Carbolástico 2, pressionando o produto contra a
superfície e, em seguida, colocar sobre a trinca uma tira de tecido de
poliéster Vedatex. Após a secagem (oito horas) é necessária uma segunda demão.
Para proteger o reparo dos raios solares a indicação é colocar argamassa, mais
ou menos 1,5cm de espessura. É importante também liberar a área para circulação
somente depois de sete dias.

Outros pontos que merecem atenção, pois também podem ser
responsáveis pelo vazamento, são junções, telhas quebradas e calhas. Se o
problema for nas calhas e rufos, pode ter ocorrido por falha na fixação,
calafetação e deterioração dos materiais. As calhas e rufos podem ser
impermeabilizados com a manta líquida Vedapren Fast. Vale lembrar que estas
áreas devem ser limpas frequentemente para evitar o entupimento e, consequente,
vazamentos e que a manutenção preventiva deve ser feita em todo o telhado. 

É fundamental que o consumidor leia atentamente às
instruções de uso (normalmente disponíveis atrás da embalagem e no site da
empresa) e que recorra ao SAC se tiver qualquer dúvida, a fim de evitar erros
de aplicação e preparo inadequado de base. Para facilitar a avaliação, todos os
produtos da Vedacit têm o Aplicômetro na embalagem, um indicativo fácil para
orientar se a aplicação será simples ou requer mais atenção e qual a
necessidade de utilizar ferramentas.

Quando o problema for generalizado, com muitos vazamentos, a
melhor opção é procurar a ajuda de um profissional habilitado, que possa
elaborar um parecer técnico e relacionar todos os serviços a serem
executados. 

Vedacit

www.vedacit.com.br – 0800-833-2248

Líder no mercado de impermeabilização e produtos de alta
tecnologia para a construção civil, a Vedacit apresenta soluções inovadoras e
se aproxima das famílias brasileiras com soluções que são utilizadas no dia a
dia, de forma prática e eficiente. A empresa, com 83 anos de atuação, eleva a
impermeabilização a um patamar de maior modernidade estando mais perto das
necessidades de seus consumidores.

São mais de 100 produtos em suas linhas de
impermeabilizantes, materiais para a recuperação de estruturas e aditivos para
concreto, desenvolvidos em laboratório próprio, com a mais alta tecnologia para
oferecer soluções apropriadas a diferentes dimensões. Seus itens podem ser
encontrados em mais de 30 mil pontos de venda.

Genuinamente nacional, a Vedacit possui três unidades
fabris, duas em São Paulo – capital e nova unidade em Itatiba – e uma em
Salvador, abastecendo todas as regiões do Brasil. Conta ainda com cinco grandes
regionais distribuídas estrategicamente pelo país.

Acompanhe a Vedacit:

Facebook.com/vedacit

Instagram.com/vedacit

Fonte: Da Redação/Assessoria/Vedacit