Uma CASACOR Rio que recupera o glamour do Rio antigo e privilegia a casa como o espaço para receber. A mostra deste ano, que acontece na Praça Mauá, de 20 de agosto a 29 de setembro, vai apresentar uma grande variedade de salas de estar, livings e varandas, com metragens e temáticas variadas, além de estúdios e lofts que traduzem a realidade do morar atual. Os 63 profissionais, entre arquitetos, designers de interiores e paisagistas participantes, decoraram 44 ambientes tendo como fio condutor o tema “Planeta Casa”, que trata do lar como o universo particular de cada indivíduo, aquele lugar onde podemos expressar nossa afetividade e conexão, com o outro e com o mundo.

A expectativa é que o evento atraia cerca de 48 mil pessoas, que poderão conferir ambientes assinados por nomes como Maurício Nóbrega, Paola Ribeiro, Márcia e Manu Muller, Studio RO+CA, Leila Bittencourt, Paula Neder, Duda Porto, Gisele Taranto, Maritza de Orleans e Bragança…

Este ano, a CASACOR Rio ocupa o edifício Touring, uma construção em art-déco projetada pelo arquiteto francês Joseph Gire e construída em 1920, além de um galpão anexo. O espaço, que em décadas passadas era a porta de entrada da cidade para quem chegava de navio, será transformado depois num grande mercado gastronômico, nos moldes de europeus como o Mercado da Ribeira, em Lisboa.

“A ideia é resgatar as antigas funções do prédio trazendo em suas salas experiências temáticas diversas, além dos lofts e estúdios que apresentam as ideias do morar atual, sempre ressaltando que a casa é hoje um elemento agregador em nossas vidas, o planeta onde a afetividade, a tecnologia e a sustentabilidade devem sempre estar equilibrados para o bem viver”, diz Patricia Mayer, sócia-diretora de CASACOR Rio.

No prédio principal, ficarão as salas e livings. Serão três andares dedicados quase exclusivamente à arte de receber já que esta é uma vocação antiga do edifício. No terceiro andar, a varanda com vista para a Baía de Guanabara e para o Museu do Amanhã receberá um charmoso bar. Já o galpão apresenta uma proposta de como seria morar na região portuária. Dividido a partir do projeto de implantação assinado pelo arquiteto Mario Santos, terá, de um lado, o consumo com lojas e áreas comerciais; e do outro, a moradia com lofts e estúdios com metragens de 70m² a 90m². Ao fundo, a área de lazer dos moradores fictícios com o tradicional restaurante CASACOR, o Wine Bar, Cozinha Gourmet e um Cine Lounge. Ao todo, serão mais de 6 mil metros quadrados de pura inspiração.

“Essa CASACOR tem duas características bem marcantes: além de dar visibilidade a um patrimônio histórico da cidade que muita gente nem conhece, apresenta uma proposta bem interessante do que seria morar naquela área do Rio, que tem tanto potencial e foi recuperada recentemente”, avalia Patricia Quentel, sócia-diretora de CASACOR Rio.

CASACOR Rio

Primeira franquia da marca, a edição carioca teve início em 1991. E nesses 28 anos está sob o comando de Patrícia Mayer e Patrícia Quentel, sócias da 3Plus, empresa organizadora do evento que a cada ano reafirma o talento de um elenco de profissionais que traduzem, com criatividade, o jeito carioca de viver e de morar.

Ingressos para visitas de terça a sexta-feira

Ingresso inteiro: R$ 50
Meia entrada: R$ 25

Ingressos para sábados, domingos e feriados

Ingresso inteiro: R$ 60
Meia entrada: R$ 30
Passaporte: R$ 160
Anuário: R$ 40
Crianças até 10 anos não pagam. Idosos acima de 60 anos e estudantes com carteira oficial pagam meia entrada.
Mais informações no www.casacor.com.br

Fonte: Da Redação/Assessoria/Casacor Rio