Apoiado no chão, em frente à mesa de jantar, revestindo móveis ou instalados na parede. Essas são algumas opções de uso de espelhos visando a valorização do cômodo mais aconchegante da casa, a sala de estar. Dúvidas sobre como utilizar esse acessório são frequentes. Com o objetivo de solucioná-las, a coordenadora da divisão de móveis da Telhanorte, Priscila Herrero, ensina como utilizar espelhos, levando em consideração a variedade de tamanhos, formas e modelos existentes no mercado.

Cuidado com o reflexo. A expectativa quanto ao uso de espelhos é dar a sensação de amplitude. No entanto, salas de estar com excesso de objetos decorativos podem obter o efeito inverso e, como resultado, proporciona desconforto visual. Outra dica da especialista para evitar erros é não aplicar espelhos em frente à televisão, refletindo-a. A localização que, frequentemente funciona é na porta de entrada da casa ou próximo ao aparador.

Aderência ao espaço. “Antes de buscar especialistas para realizar a aplicação, é importante verificar as medidas da parede e conferir se a superfície está limpa, seca e livre de umidade. Para espelhos robustos e de grande porte, aconselha-se utilizar o chão como apoio para emoldurar o acessório”, ressalta Priscila.

Revestimento decorativo. Ambientes amplos permitem decorações ousadas. Um exemplo é o revestimento de paredes e móveis, que proporcionam luminosidade e sofisticação. Nessa situação, são recomendados espelhos de matérias-primas diferentes do cobre e do chumbo, que possuem reação química com o passar do tempo. Como resultado, a peça oxida rapidamente.

“Se o ambiente não permitir um modelo grande e impactante, componha o espaço com várias peças pequenas para obter um efeito original. Não se restrinja apenas ao senso comum, busque informações e não tenha medo de arriscar”, conclui Priscila Herrero.

Sobre a Saint-Gobain no Brasil

A Saint-Gobain atua há 80 anos no Brasil com um portfólio diversificado de marcas como Brasilit, Isover, Norton, PAM, Placo, Sekurit, Telhanorte e Weber quartzolit. O Grupo possui cerca de 17 mil funcionários diretos e indiretos no País, vendas anuais de R$ 8,7 bilhões em 2015 assim como 57 fábricas, 43 centros de distribuição, 10 mineradoras, 41 lojas, 23 escritórios comerciais e 1 centro de pesquisa e desenvolvimento.

Fonte: Da Redação/Saint Gobain/Assessoria