Com vista privilegiada para um dos principais cartões postais de Porto Alegre, a Cyrela Goldsztein lança o JP Redenção. O empreendimento será referência no processo de modernização do entorno da tradicional Avenida João Pessoa e região do bairro Cidade Baixa. Serão 329 unidades de apartamentos com tamanhos entre 25m² e 34m², divididos em 16 pavimentos, com entrega prevista para abril de 2022.

Ao entrar no JP Redenção, o lobby já será um destaque do condomínio, com um ambiente requintado. No espaço coworkig, estrategicamente colocado no primeiro pavimento do prédio e sem prejudicar a rotina dos outros moradores, os condôminos poderão trabalhar e realizar reuniões em um ambiente especialmente preparado para estas finalidades. A lavanderia compartilhada e o espaço fitness, pensado para as práticas de esportes atuais como treinamentos funcionais e yoga, completam o andar.

O edifício contará com áreas de lazer desenvolvidas para serem usadas como extensões dos apartamentos, num conceito de vida conectada e descomplicada. A estrutura condominial terá espaços amplos que poderão ser utilizados tanto para encontros com amigos até pequenas festas. O rooftop terá churrasqueiras ao ar livre, espaço gourmet equipado, lounge festas, piscina e espaço sunset, em que todos os moradores poderão contemplar a Redenção com uma vista única do 16° andar.

Uma das novidades apresentadas pela Cyrela neste condomínio vertical é o bicicletário para o morador, localizado ao lado das portas de entrada dos apartamentos. Além disso, o condomínio terá um bicicletário compartilhado no térreo.

O plantão de vendas está aberto desde o início de maio na Avenida João Pessoa, 735. No local, também será possível conferir duas unidades decoradas do empreendimento, destinadas a públicos diferentes, e com assinatura da arquiteta Cássia Kroeff, a partir da segunda quinzena de maio. “Um deles é focado em solteiros, com decoração monocromática e tons de concreto, inspirado em lofts de Nova York, com bancada para trabalho e estudos”, explica. “Já o outro decorado foi feito com tons mais claros, com muitos detalhes em madeira, inclusive no forro, e uma TV giratória, que possibilita interação entre os três ambientes bem divididos: o dormitório, a sala e a cozinha. O público deste segundo modelo de apartamento pode ser tanto casais sem filhos como adultos que moram sozinhos”, define Cássia Kroeff.

O empreendimento também é uma oportunidade para investidores, pois está situado em uma das principais vias de acesso para diversos pontos importantes de Porto Alegre, como universidades e hospitais, reunindo locatários de segmentos diversificados. As opções de lazer da área condominial também serão atrativas para modalidades de aluguéis tradicionais ou de curtas temporadas. Para investidores que apostam em acomodações como o AirBnb, a Cyrela oferece facilidades em locação de imóveis com economia de tempo por meio de parceria com a Auxiliadora Predial.

Arquitetura

Conforme Marcos Laurino, da Ideia1 Arquitetura, empresa responsável pelo projeto arquitetônico do empreendimento, o JP Redenção foi pensado para servir como refúgio da geração que utiliza a residência como dormitório e local de recarregar as energias. “O perfil dos novos adultos usa o apartamento como base e passa a maior parte do tempo na rua. Assim, planejamos este condomínio com muitas opções de lazer que transformam a experiência de ficar em casa. No Espaço Sunset, a ideia é democratizar a vista da Redenção para todos os moradores”, afirma.

O arquiteto também ressalta que a região em que o empreendimento está localizado é uma novidade para a cidade. “O JP é um marco de renovação da Avenida João Pessoa. Apresenta um edifício contemporâneo e de novo tempo”, destaca.

As áreas condominiais foram desenvolvidas pela arquiteta Ana Castagna da empresa OE1. “Criamos uma área de convivência que fosse jovem, mas sem perder a sofisticação. Queremos que os usuários sintam-se em casa tanto na academia como no coworking ou no lounge principal”, relata Ana.

Ficha técnica

Endereço: Avenida João Pessoa, 735
Projeto arquitetônico: Ideia1 Arquitetura
Projeto paisagístico: Daniel Dillenburg Arquitetura e Paisagismo
Projeto de interiores: 0E1 Arquitetos
Projeto dos apartamentos decorados: Estúdio de Arquitetura Cássia Kroeff
Área do terreno: 2.715,46 m²
Área construída: 11.458,64 m²
Unidades: 329 apartamentos
Pavimentos: 16
Elevadores: 3

Cyrela Goldsztein

O grupo Cyrela está no mercado há mais de 50 anos transformando terrenos em sonhos realizados. Com atuação em 16 Estados e no Distrito Federal, seus 3 mil colaboradores se dedicam a construir prédios com uma engenharia e conceito de alto padrão que agregam valor em todos os seus projetos. Hoje, já são mais de 200 mil famílias vivendo em lares da Cyrela em todo o Brasil.

No Rio Grande do Sul, está presente com a solidez e a força da marca Cyrela Goldsztein, fruto da incorporação ocorrida com a empresa gaúcha há oito anos. Os empreendimentos pelas quais é responsável carregam o mesmo DNA de inovação que a empresa mantém em todas as suas frentes de trabalho no Brasil, contemplando investidores, sociedade, fornecedores, parceiros e o mercado.

Fonte: Da Redação/Assessoria/Cyrela Goldsztein