Quando visitamos um hotel, seja para descanso ou a trabalho, muitas redes hoteleiras se preocupam com os ambientes dos quartos. No entanto, para conquistar o cliente e para fazer com que os turistas se sintam em casa, é preciso ficar atento na iluminação, não somente nos quartos, mas também na recepção e demais ambientes. Ao mesmo que tempo que precisam ser diferentes daquelas encontradas nas residências, precisam ter a atmosfera de um lar e serem extremamente relaxantes e aconchegantes.

Não há um padrão preestabelecido, mas é necessário que cada objeto selecionado acompanhe o estilo escolhido para esta ambientação. Mesclar e agregar modernidade, criando algo inusitado, é o grande diferencial nestes ambientes, pois o viajante não quer encontrar a mesma – ou semelhante – arquitetura ou ornamentação em todos hotéis que visitar, independente da cidade ou país aonde for. Já basta a monotonia dos ambientes corporativos e dos locais frequentados nas rotinas do dia a dia.

Se há algo que faz muita diferença nos ambientes hoteleiros é a iluminação. Sem isso o local pode ficar chato, carregado e muito sem graça. A luminosidade valoriza ou não o ambiente e pode transformar a atmosfera, tornando-a mais aconchegante e intimista. Sempre é bom lembrar que ambientes grandes exigem objetos proporcionais e impetuosos quanto ao tamanho. Um bom exemplo disso são os abajures Nice e Paris do design Maurício D’Ávila, da Geo Luz&Cerâmica, criados especialmente para ambientes como os de hotéis.

No hall de entrada, no restaurante e até mesmo nos corredores, os lustres e pendentes são os protagonistas da ambientação. “Esses objetos chamam a atenção não somente pela luminosidade, mas pelo design, cor e ornamentação com os demais detalhes de decoração, como sofás, tapetes, entre outros”, explica Maurício.

A durabilidade e a facilidade para manutenção e limpeza destas luminárias devem ser levadas em consideração. Pois com o tempo algumas matérias podem se desgastar e mudar de cor. Uma escolha assertiva pode ser a cerâmica, que sempre esteve presente na ornamentação de ambientes, porém atualmente ela é muito mais valorizada e já virou tendência na decoração. Mas além do aspecto estético, ela é de fácil manutenção, não inflamável, antialérgica, inoxidável e possui uma vida útil muito longa, sem sofrer grandes desgastes com o tempo. Versátil, é também um dos materiais mais resistentes que existem, além de ser ecológico.

Para conhecer mais acesse www.geoceramica.com.br

Fonte: Da Redação/Assessoia/Geoceramica