Considerada a maior mostra de arquitetura e decoração do País, ​a CASACOR dita tendências também com relação ao método construtivo. Entre os destaques desse ano, a técnica steel frame, que foi utilizada na construção de diversos ambientes. Esse método construtivo é uma ótima alternativa sustentável, pois ​trata-se de um sistema de obra que não se utiliza tijolos e cimentos​. É ​​uma obra limpa e muito mais rápida, ​haja vista que já vem pronta para a montagem.

Esse estilo de construção é adotado em ​muitos países e ​vem se tornando popular no Brasil​. ​Outro ​ponto que reforça os benefícios do método stell frame está relacionado ao volume de entulhos: ​no comparativo, o sistema gera 85% menos entulhos se comparado com as obras que não seguem o estilo construtivo.

Na CASACOR SP, o escritório Manarelli Guimarães Arquitetura, presente em São Paulo e Salvador,​ projetou o ambiente ​CABANA com esse sistema construtivo, ​assim como o banheiro Recinto do Bosque​,​ do jovem arquiteto Gabriel de Lucca, do escritório GDL Arquitetura. ​Além da rapidez, ​as duas obras foram feitas sem sujeira, descartando a necessidade de canteiro de obras e, como falei, executadas em pouco tempo. E claro, os espaços ficaram lindíssimos!

​CABANA – Manarelli Guimarães Arquitetura

Cada detalhe da Cabana foi pensado no desejo de trazer a natureza para bem perto das pessoas. Com uma linguagem universal e bem contemporânea, que combina perfeitamente com os climas da cidade, do campo ou da praia, o refúgio de 60 m² assinado pelos arquitetos Thiago Manarelli e Ana Paula Guimarães, do escritório Manarelli Guimarães Arquitetura, reúne uma área de estar completa, com living, jantar e cozinha. “Tudo é de fácil manutenção para que a casa não dê trabalho e somente promova momentos agradáveis”, conta Thiago Manarelli, que junto da sócia Ana Paula Guimarães participa pela terceira vez da maior mostra de decoração das Américas.

Recinto do Bosque – GDL Arquitetura

Batizado de Recinto do Bosque, o banheiro unissex, com 26 m²​,​ promove a combinação entre o décor escandinavo – com sua atmosfera clean e formas contemporâneas – e os traços simples do estilo minimalista, sem deixar de ser, ao mesmo tempo, acolhedor e convidativo.

Logo na entrada, Gabriel apostou na solução estética do brise, que equilibra a incidência de luz natural no ambiente, bem como o conforto térmico. Comumente executado com madeira, o arquiteto, com sua veia criativa, optou por placas cimentícias de fibrocimento, que trazem um forte apelo ecológico por sua composição de fibras vegetais mineralizadas. “Além da conexão sustentável, o uso da placa cimentícia tem sido uma grande aposta para revestimento, nesse caso optamos por utilizá-la como brise”, afirma. O profissional investiu no desenvolvimento de um ambiente com método construtivo sustentável, marcado pelo uso do steel frame, em que a obra é feita sem sujeira, descartando a necessidade de canteiro de obras e executada em pouco tempo, utilizando perfis de aço, além das placas cimentícias para o fechamento.

Fonte: da Redação/Assessoria