Com a proximidade do Dia das Crianças, a Moldura Minuto, marca líder no segmento de decoração com quadros, convidou a arquiteta Alessandra Braggion e a Designer de Interiores Luciane Mota para falar sobre como decorar quartos infantis.

Projeto da Designer de Interiores Luciane Mota

O primeiro ponto importante nesta decoração é que é preciso planejamento, para que além de lúdico, a autonomia e a individualidade dos pequenos sejam prioridade.

“Hoje, assim como muitos ambientes, o quarto da criança assume diversas funções, como brincar, estudar e descansar e, por isso, setorizar de forma sutil e favorecer uma boa circulação é muito importante”, diz Luciane.

A dica da designer é utilizar alguns móveis práticos que possam ser deslocados com facilidade, como baús e cestos, o que facilitará na organização, principalmente se a criança tiver muitos brinquedos.

Projeto da arquiteta Alessandra Braggion

Para Braggion, as duas premissas mais importantes no planejamento do quarto infantil são, primeiro, o espaço precisa refletir o mundo da criança e, segundo, a organização deve ser prioridade para facilitar a vida dos pais

“Um ambiente bem planejado para os pequenos precisa conter alguns elementos fundamentais, como a área de estudos, o espaço para guardar os brinquedos e o espaço para guardar as roupas”, explica Braggion.

No projeto abaixo, assinado por Braggion, toda a marcenaria foi pensada em laca branca, como um item que se perpetua no espaço, além de criar a sensação de amplitude. Deste modo a criança pode usar o mesmo mobiliário em outras fases da vida, deixando os toques de cor e personalidade para os itens que compõem a decoração.

Para não destoar do papel de parede que tinha uma boa quantidade de informação, a arquiteta optou por trabalhar com quadros mais simples e delicados que trouxeram leveza ao ambiente. As molduras e imagens na cor preta ganharam destaque em meio ao mobiliário clean e com cores mais suaves.

“Trabalhar com figuras geométricas nos quadros infantis é uma boa alternativa para aflorar a criatividade e imaginação das crianças. Os porta-retratos também são uma forma simples e prática de relembrar momentos especiais, onde as fotos podem ser trocadas sempre que a criança quiser”, diz Braggion.

Sobre os quadros, a arquiteta também ressalta: “Sempre digo que a combinação de quadros para ambientes infantis não tem regra, é uma questão de bom senso e sensibilidade. Descobrir os gostos e sonhos dos pequenos é sempre uma boa alternativa para criar um espaço que seja funcional, bonito e acolhedor”.

Luciane Mota fala também que diversos compartimentos ajudam na organização, além de serem versáteis, facilitando a decoração: “Nichos, prateleiras e revisteiros na parede – ou mesmo na lateral da bancada de estudos – na altura das crianças, também traz dinâmica ao espaço e auxilia na organização do dia a dia”, completa.

Projeto da Designer de Interiores Luciane Mota

Assim, para a arquiteta e para a designer, o mais importante em uma decoração infantil é levar em consideração os gostos pessoais da criança, a organização e a funcionalidade do espaço.

MOLDURA MINUTO

Há 20 anos no mercado, sendo referência em decoração com quadros, a Moldura Minuto conta com um acervo exclusivo, uma equipe especializada, a expertise de duas décadas e o compromisso de levar a arte brasileira para os quatro cantos do país. A marca reúne decoração e arte nas mais de 60 unidades espalhadas pelo Brasil.

ALESSANDRA BRAGGION

Alessandra é graduada em arquitetura pela FAAP, com especialização em decoração de interiores pela Associação Brasileira de Arquitetura. Atua há mais de 20 anos como arquiteta e decoradora, desenvolvendo projetos residenciais e comerciais. Conta com uma equipe jovem e competente, sendo a atenção aos detalhes e o acompanhamento de toda a execução dos projetos o ponto forte de seu trabalho. É adepta do estilo contemporâneo, tem habilidade em mesclá-lo com gostos particulares do cliente, sempre prezando pelo bem-estar, estética e funcionalidade dos ambientes.

LUCIANE MOTA

Luciane Mota é formada em Turismo pela PUC-SP, mas foi através da formação em Design de Interiores que encontrou sua vocação. Planejar cores, materiais, acabamentos e iluminação, utilizando tudo de acordo com o ambiente e adequando o projeto às necessidades e personalidade do cliente é o ponto forte da designer. O trabalho de Luciane vai desde a concepção das primeiras linhas do imóvel até a completa materialização do projeto, contando com mão de obra qualificada e fornecedores comprometidos.

Fonte: Da Redação/Assessoria/Moldura Minuto