Na hora de se descontrair com amigos ou parentes, tomando uma cerveja, um vinho ou ainda para um simples happy hour, o local para o acontecimento tem de agradar e transmitir alegria e conforto. A cada dia, novos bares e restaurantes são abertos e o desafio que fica para os donos desses estabelecimentos é como se destacar dos demais e conseguir fidelizar uma clientela. A resposta pode ser bem simples: decoração.

bares 2

Um ambiente bem decorado, além de chamar a atenção dos clientes, faz com que os mesmos se sintam à vontade e confortáveis para ficar mais tempo, voltar no local e o indicar a amigos.

A arquiteta Tânia Fernandes já trabalhou na construção e decoração de restaurantes, e comenta que obras comerciais são bem mais complicadas do que residenciais, pois nelas o cuidado deve ser redobrado devido ao número de visitantes e o trabalho que será realizado no local.

bares

“A reforma em um restaurante, por exemplo, é um pouco mais complicada devido aos detalhes da cozinha, como ventilação, saneamento e uso de fornos e fogões semi industriais. No salão onde será feito o atendimento, todos os espaços devem estar bem construídos, pois será o local onde o cliente ficará por um longo tempo desfrutando do ambiente, então, a tendência é que ele passe a reparar em tudo que o estabelecimento tem na construção e decoração”, comenta a arquiteta.

Baseada nessa experiência, Tânia dá dicas do que fazer na hora de construir ou reformar o seu estabelecimento:

Cozinha: A cozinha é o ponto-chave de qualquer bar ou restaurante, e ela deve ser feita dentro dos gostos do chef que a comandará para, assim, proporcionar o máximo de liberdade e criatividade do mesmo na hora de cozinhar. Um modo de fazer isso é construir bancadas influenciadas pela altura do chef, posicionar os fornos e fogões baseados de acordo com qual mão ele usa e ter freezer e refrigeradores com tamanhos adequados com os dos produtos que são vendidos no local;

bares 3

Proposta visual: Um estabelecimento não pode ser simplesmente aberto. Antes da inauguração, é preciso pensar estrategicamente em uma proposta visual para o ambiente. Por exemplo, uma boa dica é fazer a decoração do ambiente nos tons da logomarca do estabelecimento. Também deve ser considerada qual a personalidade a ser passada pelo estabelecimento. Se é um restaurante que busca ser um ponto de encontro de casais, invista em uma decoração intimista; se é um bar para reunir amigos, busque uma decoração descontraída;

decoracao bar

Caro não quer dizer bom: Não é preciso gastar muito para ter um estabelecimento bonito e agradável. Use sua criatividade para fazer coisas bonitas e inovadoras, os clientes adoram isso. Use materiais baratos como compensados nos mostruários. Usar estofados ou tecidos na parede pode ficar mais em conta do que fazer uma pintura sofisticada. Na hora de decorar, use utensílios da própria cozinha, isso dará um charme que remete à culinária caseira. O uso de luminárias artesanais sempre caem bem, e já pensou em usar quadros negros para escrever o menu do dia? Isso é moda em cafés e bistrôs de vários países do mundo. Use a internet para buscar referências que possam abrir sua mente. Depois disso, é só soltar a criatividade e dar a sua cara ao ambiente.

Alberto Gonçalves/Com Assessoria