Se você tem uma casa ou apartamento, mas não está satisfeito com a decoração e procura jeitos para melhorá-la, então você precisa ver esse post.

Afinal de contas, ao contrário do que muitos acreditam, deixar uma residência com cara perfeita de lar não é muito complicado. Você apenas precisa ter um planejamento bem definido e investir em projeções e nos elementos certos.

O que queremos dizer é que deixar um ambiente agradável depende somente do planejamento dos móveis, objetos, estrutura e da funcionalidade!

E pensando nisso, nós elaboramos esse post para te mostrar quais as transformações mais simples e eficazes que você pode fazer para transformar sua casa ou apartamento em um ambiente dos seus sonhos.

Quer saber mais sobre as dicas que vamos dar? Então não deixe de ler esse post e também acompanhe nossa plataforma para estar por dentro dos assuntos de decoração! Vamos nessa?

1- Defina seu estilo

Antes de tudo, se você quer reformular sua casa ou apartamento, é preciso saber exatamente qual é o seu estilo de decoração.

Existem diversos estilos diferentes e cada um deles podem agradar algumas pessoas e desagradar outras.

Por exemplo, se você é uma pessoa que gosta de decorações rústicas, o pergolado de madeira com deck é um ótimo ítem e que vai deixar a sua residência mais charmosa e sofisticada.

Já se você gosta de ambientes modernos, com certeza irá se agradar de objetos e móveis criativos e com alta tecnologia.

Uma das maneiras de saber qual o seu estilo de decoração é vendo ideias de inspiração. Guarde as melhores ideias de itens e móveis e veja como cada um pode se encaixar em um determinado estilo.

Atualmente, os estilos de decoração que estão em alta são:

Moderno: Nesse estilo, todos os móveis e objetos seguem as novas tendências. Com uma estrutura ampla, o estilo moderno aposta em formas geométricos e em recursos criativos.
Minimalista: O estilo minimalista se baseia em ter a mínima quantidade de móveis e objetos possíveis, e apenas comprar e ter em casa o que realmente for utilizar.
Sofisticado: Nesse estilo, você pode ter móveis grandes e exclusivos, mas não exagere! A sofisticação também vem da simplicidade.
Romântico: Se você gosta de estampas, cores florais e móveis mais clássicos, o estilo romântico é perfeito para você!
Clássico: Esse estilo tira a essência do século XVII e XVIII e utiliza móveis chamativos e que lembram a cena de um filme medieval!
Rústico: Como dissemos, o rústico gosta de utilizar madeira e itens que remetem a um ambiente mais chegado a natureza.
Oriental: A cultura oriental é tão forte que até mesmo tem um estilo próprio para decoração. Cores vermelhas, marrons, e ítens formas retangulares e quadradas são o foco desse estilo.

Além disso, também existem outros estilos de decoração, e você também pode juntar dois ou mais estilos e fazer sua própria personalização. O que importa é que todos os ítens se encaixem de maneira harmônica e torne o ambiente mais agradável para os moradores.

2- Comece com uma base simples

Se você já escolheu seu estilo, tenha paciência e comece a reformar aos poucos. Se você ver que a escolha foi errada, ainda terá tempo para fazer as alterações necessárias.

Comece com transformações simples, como comprar um novo objeto ou pintar uma parede. Também é importante que você não exagere nas cores, mas sim, procure complementar e tornar tudo mais harmônico.

Dessa forma, com as alterações sendo feitas aos poucos, você terá mais controle financeiro e saberá exatamente o que quer.

Além disso, não se esqueça de sempre fazer projeções das reformas para saber como será o resultado final.

3- Não se esqueça da funcionalidade

Lembre-se: a beleza e a funcionalidade devem sempre andar de mãos juntas! Isso significa que ter móveis objetos funcionais é tão importante quanto apostar na decoração.

É muito fácil deixar se levar por objetos bonitos. Porém, ao longo prazo, sua residência pode ficar com excesso de detalhes, tornando até mesmo o ambiente sujo com mais facilidade e ficando mais difícil de organizar. Muita das vezes, um ambiente com objetos em excesso também pode deixar o local menor do que ele já é!

Por isso, invista também em itens funcionais e que proporcionem mais conforto e comodidade para sua casa.

O dômus para telhado é uma ótima opção para os moradores que querem ter um clima mais arejado e refrescante em sua casa, por exemplo. Ele não promove estética, no entanto, é um item totalmente funcional!

4- Segurança em primeiro lugar

O ambiente dos sonhos não é apenas bonito, confortável e funcional. Afinal, o conceito inicial de se ter uma residência é para promover mais segurança em nossas moradias.

Por isso, além do investimento em estética e em funcionalidade, aposte também na segurança da sua residência!

Há diversos recursos para proporcionar maior segurança para sua casa ou apartamento. Vamos ver alguns deles abaixo:

Câmeras de segurança: Uma das formas de segurança mais tradicionais são as câmeras de segurança. Com ela, você pode monitorar e gravar o que acontece ao redor da sua casa.
Sistemas de biometria: Com esse dispositivo, apenas pessoas com suas digitais cadastradas podem ser permitidas a entrarem em sua residência.
Para raio: O para raio promove segurança contra relâmpagos.
Alarmes residenciais: Os alarmes de residências são alarmes que ativam e emitem som em caso de movimento. Você pode utilizá-lo quando for dormir, por exemplo.
Grades, cercas e redes elétricas: Esses equipamentos são perigosos, mas impedem que estranhos invadam sua casa ou apartamento.
Lâmpadas e iluminação: Ter iluminação em todos os cantos da casa também é uma boa opção se você quer confundir criminosos e assaltantes. Muitos deles não cometem crimes apenas por acreditar que os moradores estão em casa.

Por fim, com essas dicas, você pode ter um ambiente perfeito para morar, se sentir confortável e totalmente satisfeito! Gostou do post? Conta pra gente!

Fonte: Da Redação/Rafaela Ricardo/Soluções Industriais.