O Brasil e o mundo vivem, hoje, um momento desafiador. Com o aumento dos casos registrados de COVID-19, a população e entidades governamentais vem tomando providências para evitar maior disseminação do vírus. Entre elas, o cancelamento de grandes eventos, estocagem de alimentos essenciais e não perecíveis, bem como o controle de fluxo de pessoas por meio do isolamento social e, claro, a ampliação das práticas de higiene dentro e fora de casa.

A cozinha tem mais germes do que qualquer outro cômodo da sua casa, até mais do que o banheiro, de acordo com o microbiologista Charles Gerba, professor de saúde pública, ciência ambiental e imunologia da Universidade do Arizona. Como resultado, limpá-la da maneira certa ajuda a evitar infecções e a cuidar de nossa saúde e de toda a família.

Afinal, esse espaço é usado para manipular, preparar e armazenar alimentos, mas com calor, vapor e umidade, criando as condições perfeitas para o crescimento de bactérias e germes. Então, com que frequência devemos limpar profundamente nossa cozinha? E o que devemos limpar todos os dias na cozinha?

Pensando nisso, a Cosentino decidiu criar um guia prático para ajudar na implantação de uma rotina de limpeza efetiva em tempos de pandemia. Confira abaixo as principais dicas do Grupo:

Criando sua rotina de limpeza

Algumas áreas precisam de uma limpeza diária: como tábuas de cortar (as melhores são as de plástico que você pode colocar na máquina de lavar louça ou lavar à mão e depois alvejar), a geladeira, esfregões e os panos.

Uma maneira eficaz de limpar sua geladeira é com vinagre, um dos antissépticos mais poderosos do mercado. E para esfregões e panos, é uma boa ideia usar uma solução de água sanitária e água, deixando agir por cinco minutos e permitindo secar após enxaguamento completo, pois a umidade permite a proliferação de bactérias. Uma alternativa, se o equipamento permitir, é colocar o pano no microondas em uma tigela de água por dois a três minutos, depois enxaguar bem e deixar secar. Você também deve substituir suas esponjas e panos quando estiverem desgastados, o que é recomendável fazer a cada duas ou três semanas.

Esses elementos da sua cozinha precisam de uma limpeza e desinfecção profunda menos frequentes: bancadas, pisos, armários (dentro e fora), lixeira e aparelhos elétricos. Aqui está um guia detalhado de como fazer.

Bancadas sem manutenção

Qualquer que seja o tipo de bancada, deve ser feita uma limpeza diária rápida para remover manchas de molho, migalhas de pão ou outros resíduos de alimentos. Também deve ser totalmente desinfetada todos os dias, usando água morna e sabão para eliminar germes. De fato, durante períodos de alerta de saúde como este, deve-se tomar cuidado extra e as bancadas e as áreas de superfície devem ser limpas com mais frequência, após cada uso (2 a 3 vezes ao dia), para garantir que sejam totalmente desinfetadas. Maite Pelayo, microbiologista e porta-voz técnica do Instituto Silestone, recomenda limpar com desinfetante ou sabão e água com uma compressa usada exclusivamente para esse fim e deixá-lo agir por alguns minutos. Não use esponjas com as quais você lava a louça e, se tiver uma bancada de aço, escolha um produto que não risque sua superfície. Em seguida, você precisará limpar e secar usando um pano limpo.

O método de desinfecção de bancadas de cozinha fabricadas com nossas marcas Silestone, Dekton, Sensa ou Natural Stone é o mesmo recomendado para qualquer superfície com a qual tenhamos contato físico. Além de detergente, você também pode usar um pano umedecido com uma solução alvejante e água. Além disso, você também pode usar álcool de limpeza, tomando as precauções recomendadas e lembrando-se de não misturar produtos.

Pisos impecáveis

Como regra geral, deve ser suficiente varrer ou aspirar e esfregar o chão entre três e quatro vezes por semana. No entanto, dadas as circunstâncias excepcionais em que vivemos, o Instituto Silestone recomenda limpar a cozinha e o chão após o a utilização da cozinha, assim como ventilar toda a área.

Limpeza dos armários

É aconselhável limpar a frente dos armários com água e sabão uma vez por semana, prestando atenção especial às alças, onde a maior parte da sujeira tende a se acumular. No que diz respeito ao interior, estes devem receber uma limpeza completa a cada três meses.

E os resíduos?

São passíveis de reciclar resíduos orgânicos, vidro, papel e embalagens (plástico, latas e embalagens). Antes de começar, vista um par de luvas para se proteger das bactérias que se acumulam dentro dos lixos. Idealmente, faça uma boa limpeza uma vez por semana, por dentro e por fora, prestando atenção especial aos cantos, se as caixas forem retangulares ou quadradas. Para uma desinfecção adequada, use detergente e vinagre branco.

Não esqueça

Ao limpar a cozinha, o interior da geladeira deve ser lavado uma vez por semana. Adicione suco de limão ou outro produto de sua confiança, como amônia, à água que você usa e limpe também as vedações de borracha da porta. A parte externa precisa ser limpa com menos frequência, exceto a maçaneta da porta, que acumula sujeira e deve ser limpa todos os dias.

Também é importante prestar atenção ao tanque de água da sua máquina de café, que é uma das cinco áreas com o maior número de germes na cozinha. Elimine-os com uma completa limpeza semanal e faça o mesmo com todos os outros equipamentos, como a chaleira e a torradeira, mas não o forno, que deve ser limpo após cada uso.

Limpeza necessária

Finalmente, limpe duas vezes por mês as grandes áreas escondidas e esquecidas sob os rodapés dos armários ou atrás da geladeira, por exemplo. Esses espaços acumulam poeira e precisam de atenção especial ao fazer uma limpeza completa na cozinha. Aproveite a oportunidade para tirar o pó e limpar os pisos também.

Algumas dicas extras

Não faz sentido limpar bem a cozinha se você iniciar a tarefa com as mãos sujas. Uma rápida lavagem e enxague não são suficientes para eliminar todos os vestígios de vírus ou bactérias de suas mãos; portanto, tire pelo menos um minuto para lavar com água morna e sabão, ensaboando vigorosamente por pelo menos 20 segundos as palmas das mãos, todos os dedos, e não se esqueça das costas das mãos. Para secar as mãos, use um pano limpo ou uma toalha de papel descartável.

Além disso, mantenha a segurança cozinhando alimentos a altas temperaturas (pelo menos 70º) e mantendo alimentos selados para evitar a recontaminação.

Também é essencial lavar a louça e os talheres da cozinha, de preferência na lava-louças, na temperatura mais alta. Por fim, não se esqueça do ralo da pia, que deve ser desinfetado uma vez por mês.

Grupo Cosentino

O Grupo Cosentino é uma companhia familiar e líder global que produz e distribui superfícies de alto valor e inovação para arquitetura e design. Como uma empresa líder, a Cosentino imagina e antecipa, junto com seus consumidores e parceiros, soluções de design que oferecem valor e inspiração para a vida das pessoas. Essa conquista é possível por meio das marcas pioneiras que são líderes em seus respectivos segmentos: Silestone®, Dekton® e Sensa by Cosentino. Superfícies avançadas tecnologicamente, que permitem a criação de projetos para a casa e para o espaço público.

O grupo baseia seu desenvolvimento na expansão internacional, um programa inovador de pesquisa e desenvolvimento, respeito pelo meio ambiente e sustentabilidade, e seu constante compromisso com a sociedade e as comunidades locais onde opera, educação, igualdade, saúde e segurança.

O Grupo Cosentino atualmente distribui seus produtos e marcas em mais de 110 países, a partir de sua sede em Almeria, Espanha. A empresa está presente em 30 países com ativos próprios. O grupo tem oito fábricas (sete na Espanha e uma no Brasil), uma plataforma de logística inteligente na Espanha, e mais de 140 unidades comerciais e de negócios ao redor do mundo. Mais de 90% do faturamento do Grupo vem do mercado internacional.

Fonte: Da Redação/Assessoria/Grupo Cosentinoa