Quando a construtora entrega as chaves do apartamento ao comprador é o primeiro passo para a realização de um sonho, mas antes disso é preciso que se faça uma vistoria adequada junto com a empresa para verificar a integridade de todos os materiais, mecanismos e funcionamento dos itens instalados. Não basta só preparar a mudança, mas sim o proprietário ficar atento a diversos detalhes iniciais que podem impactar diretamente nos gastos, inclusive a longo prazo, com o apartamento. Mas como saber fazer a vistoria de forma correta sem deixar faltar nenhum item? Veja abaixo dicas da Anjo Tintas e Cabane Arquitetura para não deixar passar nada em branco!

• Tinta na varanda: Verifique na varanda do imóvel se não caíram respingos de tinta no piso, guarda-corpo e/ou corrimão. É comum que tenha acontecido algo semelhante no local, principalmente quando estão finalizando a pintura das fachadas, mas a construtora precisa entregar tudo impecável. Então, se por acaso, verificar danos nas peças é preciso apontá-los para que a empresa corrija o problema.

• Tintas nas paredes: Caso o imóvel seja entregue pintado, verifique se o apartamento se encontra de acordo com as cores combinadas. Faça o checklist e avise a construtora caso alguma variação não esteja dentro do que foi acordado. Fique atento e observe se as paredes não estão com rachaduras ou qualquer outro problema.

• Instalação dos Ralos: No dia da vistoria leve uma garrafa d’água para o imóvel a fim de atestar a boa instalação e funcionamento de todos os ralos do apartamento. É ideal verificar as caídas de água para o bom escoamento e o estado dos ralos e tubulações, se estão entupindo ou não.

• Manual descritivo do proprietário: Este documento é um dos mais importantes na compra do apartamento. Nele consta como o imóvel precisa estar quando ele for entregue e serve de guia para o checklist de todas execuções, pendências ou reexecuções de tarefas por parte da construtora. O manual do proprietário também aponta todos os descritivos de materiais e acabamentos já instalados na obra, o que além de facilitar a compatibilização do documento com o executado, também direciona muito na hora de executar um projeto para reforma.

• Estado das louças e metais: Ligue todas as torneiras e chuveiros e deixe a água sair por alguns minutos para verificar se não há qualquer erro na instalação ou vazamento dos acabamentos e canos. Caso haja algum problema e a parede já esteja ou seja revestida posteriormente, poderá acarretar em muitos gastos desnecessários.

• Instalações elétricas: É imprescindível analisar o funcionamento das instalações entregues, desde o teste de rabichos de luminárias, interruptores, campainha e tomadas até a verificação das quantidades de pontos de energia nos cômodos, interruptores paralelos e padronização de módulos e espelhos.

• Demais instalações: Sobre as demais estruturas do apartamento, deve-se analisar a abertura e fechamento de portas, janelas e fechaduras, o assentamento nivelado e bem rejuntado de pisos e revestimentos, a boa aplicação de texturas e cor das paredes e o nivelamento de forros.

Cabane Arquitetura

Site: https://www.cabanearquitetura.com.br
Instagram: https://www.instagram.com/cabanearquitetura/?hl=pt-br
Facebook: https://www.facebook.com/cabanearquitetura/

Anjo Tintas:

Site: https://www.anjo.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/anjotintas/?hl=pt-br
Youtube: https://www.youtube.com/user/anjotintas

Fonte: Da Redação/Assessoria/Anjo Tintas/Foto: Pixabay