O Mama Ruisa Boutique Hotel localizado no charmoso bairro de Santa Teresa no Rio de Janeiro, oferece uma viagem ao exótico através de suas vistas do Pão de Açúcar, Baía de Guanabara e de seu exuberante jardim repleto de bananeiras sendo considerado um destino de respiro para a alma. Seguindo um conceito slow, em processo de gradual abertura no mês de agosto, a propriedade adicionou novos protocolos de segurança para garantir a saúde e o bem-estar de seus hóspedes.

Apenas cinco das oito suítes estarão disponíveis em número reduzido de acomodações para manterem as regras do distanciamento social. O check-in poderá ser realizado previamente ou no quarto minimizando assim os contatos na recepção e um kit de higiene individual, incluindo máscaras e álcool em gel será entregue aos hospedes.

O café da manhã à la carte, será servido na varanda privativa dos quartos ou na piscina, mantendo a distância entre as mesas e a desinfecção de todas as áreas pelos será constante com produtos recomendados pela OMS e aprovados pela ANVISA.

Mama Ruisa Boutique Hotel

Tendo como marca registrada a decoração, o Mama Ruisa Hotel tornou-se o templo do design modernista brasileiro. O proprietário, colecionador de móveis, escolheu as peças mais bonitas para mobiliar as áreas comuns e os quartos. Quem entra no lounge do hotel experimenta uma viagem no mais profundo do design das décadas dos anos 50 e 60. Designers como Sergio Rodrigues, Oscar Niemeyer, Ricardo Fasanello, Zanine de Caldas, Geraldo de Barros, Giuseppe Scapinelli, Carlo Hauner e Martin Eisler, Joaquim Tenreiro e mais, compartilham o espaço num diálogo modernista.

O serviço personalizado é marca registrada do Mama Ruisa Hotel, os quartos confortáveis e a área de lazer garantem momentos preciosos de calmaria para quem procura um refúgio com segurança durante a quarentena. O hotel também possui a oportunidade de fechamento para atender eventos corporativos, congressos, eventos híbridos, retiros espirituais entre outras ocasiões.

Fonte: Da Redação/Assessoria