Texturizar fachadas tem sido uma solução muito utilizada pelas construtoras. Isso porque, além da estética, as texturas possuem maior durabilidade e resistência ao clima, evitando o aparecimento de fissuras, em comparação a outros revestimentos. Segundo engenheiro especialista em revestimentos da EZTEC Renan Rocha, o revestimento texturizado acrílico pode ser executado com diversos tipos de acabamento e com uma grande variedade de cores, permitindo aos arquitetos a diversificação na hora de projetar.

Para revestir a fachada dos edifícios Up Home Vila Mascote e Legittimo Vila Romana em São Paulo, a construtora EZTEC utilizou o revestimento texturizado StoTex Freeform da Sto Brasil. Renan ressalta que o revestimento sintético texturizado selecionado e ensaiado conforme as normas nacionais e internacionais vigentes, resiste muito bem às intempéries. “O desempenho obtido é resultante, principalmente, da composição da “textura” em si. Ou seja, em função dos teores de sólidos, de resina e pigmentos. Além disso, o controle durante o preparo e aplicação dos materiais e a necessidade de manutenções são fundamentais para garantia da longevidade”, explica o engenheiro.

O produto foi aplicado sobre uma camada de emboço, este adequadamente executado e avaliado para a posterior aplicação do revestimento sintético texturizado. O engenheiro Renan Rocha explica que, em se tratando de um revestimento já homologado pela EZTEC a partir de ensaios laboratoriais, o StoTex Freeform atendeu tanto as expectativas in loco quanto às questões estéticas e técnicas, como baixa absorção de água, boa permeabilidade ao vapor de água, estabilidade de cor etc.

Legittimo Vila Romana

A principal recomendação do engenheiro Renan Rocha para os sistemas com “textura” é a homologação anteriormente à sua aquisição. “Este fato deve ser baseado nas diversas normas nacionais e internacionais vigentes. Seus resultados devem ser solicitados ao fornecedor do produto ou obtidos a partir de ensaios executados por um laboratório capacitado”, ressalta.

As texturas de alto desempenho são desenvolvidas com resina 100% acrílica ou estirenada e silicone, aumentando consideravelmente a resistência contra desbotamento e o aparecimento de fissuras. Dentre as principais vantagens, estão: produto não tóxico, desenvolvido a base de água, baixo índice de VOC, permeabilidade ao vapor, resistência contra o acúmulo de sujeira, bolor e algas. Devido à sua formulação e às vantagens, pode ser aplicado em áreas internas ou externas em qualquer região, seja quente, fria ou regiões litorâneas com incidência da maresia.

UpHome Vila Mascote

Entre as opções de texturas disponibilizadas pela Sto Brasil, é possível obter efeito desempenado, rústico, rolado, travertino, de painel metálico ultra-liso, limestone, envelhecido ou pátina, de tijolinhos ou de rochas ornamentais, como granito.

Além dessas opções, a Sto Brasil, especialista em sistemas de revestimentos para fachadas, possui uma linha de revestimentos arquitetônicos especiais, que permitem infinitas possibilidades de design. As centenas de cores disponíveis proporcionam beleza, economia de custos e desempenho a curto e longo prazo.

Sto Brasil

Fundada em 1835 na Alemanha, a Sto é líder em sistemas de revestimentos com isolamento térmico (EIFS) para fachadas, paredes e acabamentos para a indústria da construção, oferecendo serviços que vão desde a administração do desenho da cor das estruturas até o fornecimento do equipamento para a aplicação de seus produtos. Presente em 87 países, entre eles o Brasil busca constantemente inovação, através de novas tecnologias para aprimorar seus produtos, atendendo mundialmente as necessidades de seus clientes. A Sto Brasil disponibiliza para o setor as soluções técnicas dos sistemas que foram desenvolvidos ao redor do mundo. A missão da Sto Brasil, desde sua fundação, é Construir com Consciência, respeitando valores e princípios com qualidade e sustentabilidade. Por isso, todas as suas instalações possuem os certificados de ISO: 9001, que garantem o atendimento das normas de qualidade em toda sua produção. Outras informações: www.stobrasil.com.br

Fonte: Da Redação/Assessoria/Sto Brasil