O arquiteto Tufi Mousse já havia trabalhado em projetos com essas características antes de criar este suntuoso apartamento em Joinville (Santa Catarina). Nesse projeto, para além da habitual fusão de espaços de relaxamento, gastronomia e gastronomia, Mousse conseguiu manter a integridade dessa união numa colisão premeditada do que é doméstico com o público.

O apartamento criado pelo profissional é um jogo para conseguir o ar distinto de um elegante bar imerso no espaço privado de uma casa residencial. É algo como o desafio de experimentar a sensação de espaços compartilhados no território pessoal.

O amplo espaço social desta casa catarinense, iluminado por enormes janelas periféricas, conta com um espetacular bar de coquetéis. A superfície da zona interna é feita com Dekton Blaze; o balcão do bar, com Dekton Sirocco e a área da cozinha, discretamente reservada, tem Silestone Cemento Spa e uma textura final de Camurça na superfície. Pedras Kraisch foi a marmoraria escolhida pelo arquiteto de Joinville.

Ao redor do luxuoso bar de coquetéis, diferentes espaços que são inimigos da monotonia orbitam, quase como satélites. Existem diferentes áreas para refeições com mesas de vários tamanhos. Também há uma área de mesa projetada para relaxamento e conversa, articulada em torno de um sofá deslumbrante acoplado ao bar. Por fim, uma área de descanso ao lado da grande tela da televisão que também é adequada para leitura.

O resultado da obra da Tufi Mousse Arquitetura é uma delicada dança entre usos e ambientes. O desafio era que essa dança fosse coordenada e, além disso, um chamado à atenção para os sentidos e ter a capacidade de questionar o convencional.

Arquiteto – Tufi Mousse Arquitetura
Projeto – Apartamento TOR
Fotógrafos – Lio Simas/Mariana Boro
Marmoraria – Pedras Kraisch

Fonte: Da Redação/Assessoria