Decorar a sua casa de forma inovadora e seguindo as tendências nem sempre é uma tarefa fácil. Às vezes, a moda que se apresenta no momento pode ser considerada extravagante demais ou repetitiva para o seu ambiente. Mas nem sempre isso acontece, como podemos observar em uma forte tendência de decoração atual, a Japandi, que mistura o estilo escandinavo ao espírito japonês.

Japandi é a união das palavras Japan (Japão em inglês) e Scandi. Ela nasceu de dois conceitos muito fortes dentro dessas vertentes, que são Wabi-sabi e Hygge.

Quando observamos o estilo nórdico que já conquistou os interiores por seu lado funcional, objetivo, acolhedor e aconchegante, pensamos que seria impossível misturar com o espírito japonês que, por sua vez, oferece uma estética minimalista. Porém, os conceitos do Japandi que são aplicados casam perfeitamente por meio do conceito Wabi-sabi, que é uma visão presente na cultura japonesa, que procura destacar a beleza naquilo que está fora dos padrões e o Hygge, que pode ser traduzida em “diversão”, com uma visão nórdica de prezar pelo conforto e bem-estar em nossas vidas.

“Essa é uma tendência complementar, ou seja, você pode agregar produtos novos com os itens que você já tem. Basta algumas mudanças e ideias novas de harmonização e cores, para se aprofundar no estilo Japandi”, explica Ana Toyama, gerente de desenvolvimento e design da Mobly, líder nacional no segmento de home & living.

Apesar de pertencentes a culturas completamente diferentes, os estilos se completam por apostarem em cores parecidas e materiais naturais, resultando em um ambiente sereno e receptivo.

Para entender melhor esse universo do Japandi, a gerente da Mobly, separou as principais características desse novo estilo.

Confira:

1- As cores são fundamentais para ditar o estilo que quer dar ao seu ambiente Japandi;

O que ganha destaque são os tons mais suaves, claros e neutros, Aposte em tons pastéis somados ao branco e às tonalidades naturais, como ocre, castanho, verde e amadeirado.

2- A ideia é não gastar tanto, mas tornar o seu ambiente agradável;

Não há necessidade de investir em uma grande reforma. O principal ensinamento da decoração Japandi é tornar o seu lar no lugar mais agradável possível, mesmo que, para isso, seja necessário apenas trocar alguns móveis e investir em cores novas.

3- Utilize elementos da natureza para compor o ambiente;

Os escandinavos e japoneses são intimamente ligados à natureza. Por isso, ao decorar, aposte em elementos simples, mas que tragam essa atmosfera para sua casa, como pedras, madeiras, bambu, algodão, vime, cerâmicas, entre outros.

4 – Funcionalidade é o mais importante

Destrinchando os estilos, notamos que a decoração japonesa, por exemplo, é composta por móveis práticos, beirando ao minimalismo. Nesse caso, os ambientes prezam pela funcionalidade. Essas características também estão presentes no estilo scandi, ou Escandinavo como é conhecido, com destaque para elementos orgânicos e de formas básicas, com poucos detalhes.

5- Seus móveis antigos não precisam ser descartados

Em alguns casos da decoração Japandi, quando falamos em elementos naturais, é legal lembrar que eles não precisam estar na sua forma mais perfeita, afinal, a interferência do tempo e o desgaste que faz parte do processo são elementos fortes nesse estilo. Reaproveite o que tem em casa. O estilo também preza pelo consumo consciente.

Mobly

A Mobly é uma empresa de tecnologia que atua no comércio eletrônico de móveis. Fundada em 2011, conta com uma gama de mais de 250 mil artigos, entre móveis e objetos de decoração. Em 2018, a companhia abriu capital na Alemanha e alcançou um faturamento aproximado de R$300 milhões. Possui três centros de distribuição, em Minas Gerais, Santa Catarina e Pernambuco, duas megastores em São Paulo, localizadas na Marginal Tietê e Pinheiros, além de outlets em Guarulhos, Campinas e Taubaté, todos no Estado de São Paulo.

Saiba mais em www.mobly.com.br

Fonte: Da Redação/Assessoria/Mobly